MEI

O MEI – Micro Empreendedor Individual é uma modalidade criada pela Lei Complementar 128/2008 que permite que uma pessoa física seja um empreendedor.

O regime de tributação é bastante simplificado e existem poucas obrigações acessórias.No entanto o faturamento fica limitado a R$ 81 mil por ano.

Muitos empreendedores começam como MEI e depois que seu negócio cresce se transforma em uma empresa do SIMPLES.

O valor mensal a ser pago pelo MEI é de R$ 19,90.Com a Razonet você faz todo o controle do faturamento e tem suas obrigações com o fisco sempre em dia.

Simples Nacional

O Simples Nacional é um regime simplificado de tributação para Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, previsto na Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006 e abrange a participação de todos os entes federados.

O limite para o Simples, válido para o ano de 2018 é de R$ 4,8 milhões por ano. No entanto, para as empresas que têm faturamento acima e R$ 3,6 milhões, o Simples pode não ser mais uma boa opção. Isso porque o ICMS e o ISS devem ser recolhidos separadamente. Neste caso geralmente é mais vantajoso a empresa se enquadrar no Lucro Presumido ou Lucro Real.

A Razonet atende essas empresas também através da modalidade Razonet Plus e ajuda na escolha da melhor opção de tributação.

Fale conosco sobre isso.

Outro ponto é que nos Estados do Acre, Amapá e Roraima existe um sub-limite para o Simples, que é de R$ 1,8 milhão por ano.

Para as empresas do ramo de Serviços é o percentual de mão de obra utilizado que deve ser levado em consideração. Se o percentual de mão de obra for maior ou menor que 28% do faturamento as alíquotas são diferentes.

Achou um pouco confuso? Não se preocupe! Os contadores especialistas da Razonet ajudarão você a encontrar o melhor enquadramento tributário possível e todas essas guias de impostos podem ser pagas diretamente pelo aplicativo. Você também pode fazer o controle de todas as informações de forma bastante simples.

Ainda com dúvidas?

Veja aqui as principais perguntas e as respostas