Saúde financeira do negócio: Vamos reagir juntos?


A situação de isolamento social interferiu diretamente em nossos negócios não é mesmo? O faturamento mensal caiu mesmo para as empresas que trabalham à distância, afinal, está todo mundo apertando o cinto. E aí, nessa situação, o que é importante fazer para manter a saúde financeira do meu negócio? Fique atento às dicas a seguir:

  1. Renegocie com seus credores:

Neste momento é muito importante rever as suas dívidas já existentes. Levante todos os seus gastos e procure negociar com seus credores o que for possível. Um prazo de pagamento mais longo, a redução do total da dívida, a redução de juros bancários, isenção de taxas... É hora de por em prática todas as suas táticas de negociação e de tentar reduzir o endividamento.

  1. Reduza os custos fixos:

E por falar em endividamento... toda atividade precisa de gastos mensais a fim de manter a operação. Esses são os chamados custos fixos. Contas como: internet, luz, telefone, aluguel, todos são exemplos de gastos necessários para que a sua empresa mantenha as vendas. Então se são necessários, como reduzir?

Olhe para dentro e procure alternativas mais vantajosas, preços mais competitivos, troque de fornecedor se for necessário (antes de trocar de fornecedor, lembre-se do item 1, renegocie). O importante é manter o uso daquilo que é necessário para a sua empesa se manter ativa e com a saúde financeira em dia mas, empregando seu dinheiro com o melhor custo benefício possível.

  1. Suspensão ou interrupção do contrato?

Você tem empregados e seu estabelecimento está fechado devido ao isolamento social? Para você, a suspensão do contrato de trabalho pode ser uma boa opção neste momento.

Para quem precisar, é possível suspender completamente o contrato dos empregados e aquelas empresas que reduziram o tempo de atuação podem optar pela redução proporcional de salário e de jornada.

Se essas são boas soluções para você, saiba mais lendo este artigo ou entre em contato com nosso time de Recursos Humanos.

  1. Financiamentos e linhas de crédito:

Existem diversas linhas de crédito disponíveis em bancos e instituições financeiras, se for necessário, você pode fazer uso delas, porém, fique muito atento à taxa de juros, ela não pode ser um obstáculo ao seu crescimento para quando a crise passar.

Lembre-se de um conselho importante: não use dinheiro de forma inconsequente.

  1. Continue a nadar

A dica mais importante é esta. Continue vendendo, seja como for e seja o que for. Busque uma maneira de prestar seu serviço mesmo à distância e se não for possível repense produtos ou serviços que a sua empesa pode começar a vender neste momento. É hora de aderir às entregas pela internet, ao delivery, ao home office... olhe para o seu negócio e se o que você vende hoje não puder ser ofertado à distância, aumente seu portifólio, mas dê o seu melhor para não deixar de faturar.

Por último, e não menos importante, não desista, persista e se reinvente. Sabemos que esse momento pode ser desafiador, principalmente para manter a saúde financeira do seu negócio. Mas, estamos aqui para ajudá-lo a sair dessa fortalecido.

Se você gostou desse informativo, também vai se interessar por nosso texto: Oportunidades na crise Coronavírus: como reagir? 

Quer receber mais materiais como esse? Clique aqui e cadastre-se para receber nossos informativos e notícias em primeira mão. Ou fale com um dos nossos atendentes!

 

Deixe um comentário