Metas SMART: aprenda a aplicar na sua empresa


Algumas semanas atrás falamos sobre o plano de ação para empresas com o método 5W2H. Hoje vamos falar sobre as metas SMART, o que é, como funciona e as dicas para garantir o sucesso de suas metas.

Atire a primeira pedra quem nunca pensou ou tentou perder peso. Seja você homem ou mulher, tenho certeza de que em algum momento da sua vida você se olhou no espelho e pensou: "Seria bom perder uns quilinhos". E se você é daqueles que fez dieta, com certeza definiu um prazo, colocou uma meta: perder 5 quilos até o Natal, 6 cm até aquela festa do escritório. Entrar no vestido para aquele evento, e por aí vai! Ok, mas o que esse papo de dieta tem a ver com metas SMART e empreendedorismo?

É simples, seja para fazer dieta ou para obter sucesso com o seu negócio você precisa definir um objetivo concreto, real. Onde você quer chegar? Quantos quilos você quer perder? Dois, Três? Em quanto tempo? O que você pretende fazer para chegar lá?

O mesmo vale para a sua empresa? Quanto você quer lucrar? Ou quanto pretende vender? Quantos clientes quer atender? Em qual prazo?

Ah, mas isso é fácil, consigo elencar esses tópicos aqui rapidinho. Bom, não é tão simples quanto parece. Estabelecer metas não é um processo tão básico. Requer estudo, informações, ferramentas e metodologia. Uma dessas ferramentas é o método SMART.

O que são metas SMART 

Para começar vamos deixar claro que as metas SMART podem ser aplicadas a qualquer coisa. Em qualquer área da sua vida pessoal ou profissional. O objetivo dessa ferramenta é auxiliar na construção de metas palpáveis e te ajudar a alcançá-las.

É bom saber também o que não são metas. Por exemplo: desejos não são metas. Tarefas não são metas. Metas são objetivos quantificados e devidamente especificados, metas são temporais e totalmente ligadas a prazos. Ou seja, aumentar as vendas não pode ser considerada uma meta. Lucrar mais não é meta. Mas aumentar as vendas em 15% até agosto deste ano, é uma meta. Lucrar, pelo menos, 40 mil reais por mês até agosto deste ano, é uma meta. 

As metas SMART são definidas por letras. Cada letra corresponde a um requisito. 

S - specific ou específica

A meta tem que ser bem específica. Por exemplo, na descrição acima: aumentar as vendas. Aumentar as vendas não é uma meta porque não é específica. Imagine passar essa informação para sua equipe de vendas. Ela é muito vaga. Aumentar as vendas em quantos %? Em que prazo? Qual estratégia será utilizada para alcançar esse objetivo? Quem estará envolvido?

Para ser específica, uma meta deve responder às seguintes perguntas:

1. O que eu quero alcançar com essa meta?

2. Quem será ou quem serão os responsáveis por ela?

3. Onde ela será realizada?

4. Como ela será conquistada?

5. Por que ela deve ser seguida?

Vamos supor que você tem um e-commerce e planeja aumentar as vendas em 10% nos próximos 3 meses utilizando a ajuda do marketing digital. Vejamos se essa é uma meta específica:

1. O que eu quero alcançar com essa meta? Aumentar as vendas em 10%

2. Quem será ou quem serão os responsáveis por ela? A equipe de marketing

3. Onde ela será realizada? Online

4. Como ela será conquistada? Com divulgação de conteúdos relevantes

5. Por que ela deve ser seguida? Queremos aumentar a participação online

Bom, parece que essa é uma meta específica, de fácil entendimento. Mas será que ela é mensurável?

M - measurable ou mensurável

Criar uma meta que não pode ser medida é no mínimo sem sentido. No nosso caso acima queremos aumentar as vendas em 10%, para isso precisamos acompanhar os números. Você já deve ter um controle prévio de quanto vende ao mês. Com isso fica mais fácil quantificar.

- qual é o resultado esperado?

- quanto tempo será necessário para a equipe alcançar a meta?

No nosso exemplo:

- qual é o resultado esperado? Aumento de 10% das vendas

- quanto tempo será necessário para a equipe alcançar a meta? 3 meses

Certo, digamos que a equipe de marketing conseguiu atingir o objetivo em metade do tempo. E agora? Definimos outro objetivo? Que tal aumentar as vendas em 30% em mais 1 mês? É possível?

A - attainable ou atingível

Muito bem, sua equipe de marketing deu duro e conseguiu aumentar as vendas em 10% em apenas 1 mês, mas será que a meta de 30% no mesmo espaço de tempo é atingível ou você está indo longe demais?

O perigo de metas impossíveis é que elas podem desmotivar você, a equipe e todas as pessoas envolvidas.  

Portanto, antes de criar uma meta, é fundamental avaliar os seguintes pontos:

- com base no histórico, é possível atingir o objetivo traçado?

- qual a opinião dos envolvidos? Eles acreditam que é possível?

Analise o seu histórico de vendas e veja se atingiu aquele marco antes. Quais estratégia foram utilizadas? Algum fator externo colaborou? Analisar a viabilidade da meta é essencial para conseguir alcançá-la.

O que nos leva ao nosso próximo item.

R - relevant ou relevante

A meta traçada é relevante para o seu negócio? Aumentar as vendas em 10% com certeza é uma meta relevante, porque se alcançada aumentará o faturamento e lucro da empresa. 

No entanto, uma meta que não gera efeito sobre o negócio não deve ser considerada prioridade. Para criar uma meta relevante é importante olhar os principais números da empresa, como o faturamento, número de clientes e lucro. Assim, uma meta relevante terá impacto direto nesses indicadores.

T - time based ou temporal

Como já dissemos anteriormente metas sem tempo pré-determinado não podem ser consideradas metas. Você quer emagrecer 3 quilos? Ótimo! Em quanto tempo? 1 mês, 3 meses, 1 ano?

Aumentar o faturamento da empresa em 10%? Ter 20% a mais de clientes? Vender o dobro de produtos? É o tempo que vai te ajudar a determinar as estratégias, a viabilidade e a relevância dessas metas. 

Exemplos de meta SMART: Aumentar as vendas em 10% no prazo de 3 meses com a utilização de marketing digital. A equipe de marketing ficará responsável pelas estratégias de marketing de conteúdo que será utilizada para alcançar o objetivo.

Com a descrição acima conseguimos garantir que todos os envolvidos têm total compreensão da meta. Ela é específica, mensurável, atingível, relevante e temporal.

Dicas para garantir o sucesso de suas metas

Já que as metas devem ser mensuráveis, o ideal é acompanhar o desempenho das metas. E nada de deixar para o último minuto. Se você quer perder 3 quilos em 2 meses por exemplo, o ideal é se pesar com certa frequência para saber se a dieta está dando resultados, como está sua evolução.

O mesmo vale para as metas do seu negócio. Se as vendas devem aumentar em 3 meses que tal avaliá-las mensalmente? Só assim você terá tempo hábil para ajustar estratégias no meio do caminho. 

A segunda dica é manter todos os envolvidos bem informados do andamento da meta. Delegue funções, compartilhe informações. Conscientize a equipe de que para atingir os resultados esperados todos precisam fazer sua parte.

Para finalizar, quando atingir a meta dê crédito a quem merece. Apresente os resultados. Ofereça incentivos. Estimule sua equipe a correr atrás da próxima meta!

Gostou desse conteúdo? Tem alguma dúvida ou sugestão sobre contabilidade ou empreendedorismo? Manda pra gente!

Deixe um comentário